Este site utiliza cookies que facilitam a navegação. Permitir Cookies? Saiba mais sobre cookies.
Português
 

Notícias

/ PROJETO 23 Março 2016
REDUÇÃO DE MICROPARAGENS NA GREIF  

A Greif é um grupo industrial de origem norte-americana que produz contentores e acessórios de embalagem em aço, plástico e fibra. É líder mundial em produtos e serviços neste setor, operando atualmente em mais de 50 países.

No final de 2015, a empresa promoveu um workshop de melhoria na sua fábrica da Póvoa de Santa Iria, uma das quatro unidades instaladas na Península Ibérica. Este teve como alvo as microparagens na linha de bidons cónicos. Contou, para tal, com o apoio da Actio Consulting, reforçando desta forma a parceria já existente entre as empresas, nomeadamente com a Actio Espanha, que tinha já atuado na fábrica de Martorell (Catalunha).

Os dois principais objetivos deste Green Team – designação dos workshops de melhoria na Greif – eram a redução do impacto das microparagens na produtividade desta linha, bem como das paragens não registadas em sistema por parte dos operadores (condição necessária para se “falar com dados” na análise ao andamento da linha). O ponto de partida e objetivos específicos são, atingir em três meses: - Melhoria do OEE em 2%, situado inicialmente nos 83%. Este é um objetivo extremamente desafiante, os resultados deste indicador são já “estado da arte” para o setor. - Redução em 50% do número e do tempo das paragens não registadas – 62% e 42% do total de paragens da linha, respetivamente.

A semana de trabalho começou com uma formação inicial à equipa, seguida de recolha de dados e observação do processo no Gemba. Tendo a situação atual claramente caracterizada, partiu-se para o brainstorming de ações de melhoria. Após estabelecida uma relação de esforço/benefício para cada uma destas, implementaram-se no terreno as consideradas prioritárias. Concluiu-se com a elaboração de um plano para as ações não imediatas.

Os primeiros resultados, apenas um mês e meio após o Green Team, mostram já uma melhoria de 1,2% no OEE, bem como uma redução nas paragens sem registo em 91% do tempo total e em 74% em número. Para além do benefício óbvio do aumento do OEE, a Greif passa, deste modo, a ter uma visão clara do impacto de cada tipo de paragem, podendo assim atuar sobre os problemas certos. Para a obtenção destes resultados contribuíram decisivamente a dinâmica conseguida pelo trabalho em regime em workshop, as condições dadas pela Greif, a dedicação da equipa e a aplicação de uma metodologia com provas dadas. A combinação destes fatores revelou-se, assim, uma receita de sucesso.